Monday, January 22, 2007

DPN's e slings

Para quem não sabe, DPN's são «Double Pointed Needles», ou seja, agulhas de duas pontas. São vendidas em conjuntos de quatro ou de cinco e são usadas para fazer meias e luvas, sobretudo.

O meu primero projecto já arrancou, mas como ainda está em fase de teste, tenho usado uma lã ranhosa que tenho lá para casa. Até ao momento, o meu maior obstáculo é evitar que as junções entre as agulhas não se tornem em buracos. Alguém me aconselha? Vou ver o que encontro pela net...

Um dos meus blogs favoritos, o Ervilha Cor-de-Rosa, deu-me a conhecer os Slings! Que coisa maravilhosa! Mal posso esperar para ter os meus filhos num. Parece muito melhor do que um marsupial e, das fotos que vi, os bebés estão serenos e contentes. Do ponto de vista biológico, faz todo o sentido, porque eles ouvem os sons que ouviram enquanto estavam no útero, para além de me parecer que a relação mãe/bebé beneficia muito!

3 comments:

Diabólica said...

Minha querida amiga,

Quanto à parte prática da execução da tua tarefa(DPN),nada te posso dizer.
Sou uma verdadeira nulidade nestas coisas!
Mas, e visto que tens vontade de fazer "produção em série", parcerme-ia oportuno pedir-te que me fizesses um cachecolzito...

Sim, porque com esta vaga de frio, que para aí se advinha, dava jeito.

Já agora, e se não for pedir muito, um gorro também tinha a sua aplicabilidade!

Beijos diabólicos

filomena said...

Laura,

A questão dos espaços entre as dpn passa principalmente por ter o cuidado de puxar bem o fio depois de ter feito o primeiro ponto de cada agulha.

Também há quem ao fim de algumas carreiras tricote na agulha em que está a trabalhar o primeiro ponto da próxima agulha (ou seja quando estás a terminar os pontos de uma agulha, passa para essa o primeiro ponto da próxima agulha). Pela minha explicação parece complicado :(, mas não é.

Experimenta tb os vídeos do knittinghelp.com em http://www.knittinghelp.com/knitting/advanced_techniques/index.php

Espero ter ajudado ;)

jinhos

alexia said...

Confesso que ainda não arranjei coragem para experimentar tricotar com DPNs, mas a Filomena deu uma grande ajuda com as dicas que forneceu.
E não pude deixar de sorrir com o pedido da Diabólica, mesmo a calhar com esta vaga de "frio"...;)