Thursday, May 3, 2007

Adoro cozinhar e espero que continue a gostar tanto no futuro como gosto agora. Há muitos anos, a minha mãe comprou o livro Cozinha Rápida e Económica, das Selecções, que se tornou numa bíblia para mim.



Foi neste livro que encontrei uma receita de Sopa de Almôndegas, que é deliciosa e muito simples de fazer. Assemelha-se a um goulash à húngara, ou talvez a uma sopa da pedra:

Sopa de Almôndegas Preparação:10 min Cozedura: 19 min 6 porções

1.5l de caldo de carne
375g de carne de vaca picada
375g de carne de porco picada
1 ovo batido
1,5 colheres de chá de sal
1 pitada de pimenta preta
5 tomates médios pelados ou 425g de tomate de lata picado e com o líquido
425 gramas de feijão encarnado de lata escorrido
4 colheres de sopa de salsa picada


1. Levar ao lume um tacho grande com o caldo de carne e deixar levantar fervura. Entretanto, misturam-se as carnes com o ovo, o sal e a pimenta e molda-se o perparado em bolas de cerca de 2 cm.

2. Reduzir o lume e juntar ao caldo as bolas de carne e o tomate. Tapar e deixar cozer durante 15 minutos. Juntar o feijão e a salsa e deixa-se aquecer durante 2 minutos.

Nota: Eu fiz algumas pequenas alterações a esta receita: reduzi as quantidades para metade, comprei as almôndegas já feitas no talho, o que tornou tudo muito mais fácil e rápido e acrescentei batata cortada aos bocadinhos para ficar um bocadinho mais rica.

O resultado foi este:

Outro dos meus passatempos tem sido a costura. Resolvi fazer um saquinho para guardar as agulhas de tricot com um tecido de algodão que a minha mãe tinha guardado e que tinha sobrado das minhas batas do infantário. Fi-lo todo à mão, é um cilindro de pano com um círculo na parte de baixo. Para fechar, basta dar um nó na parte de cima. Este pequeno projecto foi uma forma de eu practicar coser à mão, pois é algo que nunca tinha feito. Assim juntei o útil ao agradável.

Por fim, o meu Boggie tem ido de vento em pôpa. Tornei a desfazer o que tinha feito e resolvi tricotar o colete em círculo, em vez de ser em duas partes separadas. Também decidi fazer um decote em V em vez do decote em T que vem com a receita. Aqui mostro o pormenor dos torcidos, a côr é mais escura do que na foto, uma espécie de azul petróleo:

3 comments:

Tany said...

Olá Laura,
desculpa mas ainda n tenho a receita que te prometi... Fui de férias e não consegui falar com a pessoa que ma deu... Quanto à tua pergunta (comentário no meu blog sobre máquinas de costura), vou escrever amanhã ou mais tardar no sábado um post exactamente sobre isso pois ando à procura de uma máquina nova e até há pouco tempo só via a Singer. Há mais marcas e algumas bem superiores por preços muito convidativos. Estou a pensar na Husqvarna C20, que posso comprar no representante da Pfaff no Porto, mas no meu próximo post vou entrar em todos os pormenores.

Beijinhos,

Tany

Mamã Martinho said...

Bem!!! Isto é que é novidades!!!
Nunca me passou pela ideia uma sopa de almondegas, mas quem sabe se um dia não faço?
Quanto à bolsa das agulhas, parce-me muito bem! Tens de levar para o proximo encontro para ver ao vivo. O boggie, tem uns torcidos espetaculares!

Bjs

Mónica

Tina said...

Gostei da tua ideia do saco para as agulhas, as minhas andam sempre perdidas!!!!!!!!!!!!! Bom fim de semana!!